ENVOLVIMENTO DAS IGREJAS NA PREVENÇÃO ÀS DROGAS

Autores

  • Mariluce Emerim de Melo August Faculdade Fidelis
  • Wanderlei Jeovai da Silva
  • Fred Roland Bornschein

DOI:

https://doi.org/10.53546/2674-5593.cog.2021.58

Palavras-chave:

Prevenção às Drogas, comunidade de fé, família sem drogas, igreja, drogadição

Resumo

O uso e abuso de drogas tem se tornado uma séria ameaça à humanidade devido ao grau persistente e atrativo que exerce sobre a sociedade e sobre os jovens. Esta ameaça atinge a estabilidade social, cultural, econômica e política de toda a sociedade. Esta pesquisa propõe buscar subsídios para que a comunidade de fé invista na espiritualidade como prevenção e enfrentamento às drogas e suas consequências. Tem o potencial de incentivar e instrumentalizar pastores e líderes para atuarem no aconselhamento cristão sobre prevenção continuada. Acredita-se que toda comunidade se beneficiará com o projeto de prevenção e saberão lidar melhor com essa temática para cuidar das crianças e jovens. A pesquisa traz ainda o conceito sobre drogas seguindo um raciocínio lógico sobre as diferentes abordagens, moral, política e química. Aponta as consequências para a saúde e o relacionamento familiar do usuário e implicações legais, sociais e econômicas. Conclui-se que não somente os efeitos sintomáticos das drogas que são prejudiciais, mas, também, o comércio ilegal que movimenta fortunas com os lucros e arrasta multidão, não tem surtido efeito a tentativa de parar o seu avanço. Utilizou-se a pesquisa bibliográfica como metodologia. Como resultado esperado estão o estímulo do uso dos dons espirituais e os serviços práticos dos membros da igreja no processo de prevenção com a parceria do governo, da sociedade civil e da igreja, com investimento na prevenção, visando diminuir as tragédias familiares, o número de infectados pelas drogas, e uma família feliz sem drogas.     PALAVRAS-CHAVE: Prevenção ás Drogas. Comunidade de fé. Família sem Drogas. Igreja. Drogadição.   ABSTRACT   Drug use and abuse has become a serious threat to humanity due to the persistent and attractive degree it exerts on society and young people. This threat affects the social, cultural, economic and political stability of the entire society. This research proposes to seek subsidies for the faith community to invest in spirituality as prevention and confrontation with drugs and their consequences. It has the potential to encourage and equip pastors and leaders to act in Christian counseling on continuing prevention. It is believed that the entire community will benefit from the prevention project and will know how to better deal with this issue to care for children and young people. The research also brings the concept of drugs following a logical reasoning about the different approaches, moral, political and chemical. It points out the consequences for the health and the family relationship of the user and legal, social and economic implications. It is concluded that not only the symptomatic effects of drugs that are harmful, but also the illegal trade that moves fortunes with profits and draws the crowd, has not had an effect trying to stop its advance. Bibliographic research was used as a methodology. As an expected result are the encouragement of the use of spiritual gifts and the practical services of church members in the prevention process in partnership with the government, civil society and the church, with investment in prevention, aiming to reduce family tragedies, the number of infected by drugs, and a happy family without drugs.   KEYWORDS: Drug Prevention. Faith community. Family without drugs. Church. Drug addiction.

Referências

BÍBLIA DA LIDERANÇA CRISTÃ. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 2013.

BÍBLIA DE ESTUDO. O desafio de todo homem. Nova versão internacional. São Paulo: Mundo Cristão, 2012.

BÍBLIA NOVA ALMEIDA ATUALIZADA. Sociedade Bíblica do Brasil. Versão digital. Disponível em: <https://www.bible.com/pt/bible/1840/JHN.1.naa>. Acesso em 27 de julho de 2020.

BRASIL. Polícia Federal Ministério da Justiça e Segurança Pública. Disponível em:

<http://www.pf.gov.br/imprensa/estatistica/drogas>. Acesso em: 20/07/2020.

BRASIL. Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006. Institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas – Sisnad. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11343.htm. Acesso em:15.07.2020.

CARVALHO, Protásio de. A Educação e os tóxicos. Curitiba: O Formigueiro, 1982.

CEBRID. Livreto Informativo sobre drogas psicotrópicas. São Paulo: CLR Balieiro, 1987.

COLLINS, Gary R. Aconselhamento Cristão. Edição Século 21. São Paulo: Vida Nova, 2004.

DALBOSCO, Carla; DUARTE, Paulina do Carmo Arruda Vieira; NICASTRE, Sérgio. Curso de prevenção do uso de drogas para educadores de escolas públicas. Brasília, 2010.

EHLERT, Ana. Curitiba é a segunda no ranking de consumo de drogas entre adolescentes. 2012. Disponível em: <https://www.bemparana.com.br/noticia/curitiba-e-a-2a-no-ranking-de-consumo-de-drogas-entre-adolescentes-261875#.XwczbqFKhdg>. Acesso em: 09/07/2020.

FARIA, A. A. C; BARROS, V. A. Tráfico de drogas: Uma opção entre escolhas Escassas. In Psicologia e Sociedade. 23(3). p. 536- 544. Minas Gerais, 2011. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/psoc/v23n3/11.pdf>. Acesso em: 04/05/2020.

GRUPO CULTURAL. As Drogas, Educação e Prevenção. São Paulo: grupo cultural, 2013.

LIMA, E. H. Educação em saúde e uso de drogas: Um estudo acerca da representação da droga para jovens em cumprimento de medidas educativas, 2013. Tese (Doutorado em Ciências) Programa de pós graduação em ciências da Saúde. Fundação Oswaldo Cruz. Belo horizonte. Disponível em: <http://tiny.cc/8d5lsz>. Acesso em: 04/05/2020.

LUFT, Celso Pedro. Mini Dicionário. São Paulo: Ática, 2002.

MUNIZ, Gilberto Carlos. Drogas Prevenção, Eis a Questão. Almirante Tamandaré: Jocum Brasil, 2008.

OTT, Craig. Treinando Obreiros. Curitiba: Esperança, 2004.

PROERDBRASIL.COM.BR. acesso em 20/07/2020.

SANCHEZ, Amauri M. Tonucci. Drogas e Drogados: O indivíduo, a Família, a Sociedade. São Paulo: E.P.U, 1982.

SANCHEZ, Zila Van Der Meer; NAPPO, Solange Aparecida. Intervenção Religiosa na Recuperação de Dependente de Drogas. In Saúde Pública. São Paulo, 2008. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php? script=sci_arttext&pid=S0034-89102008000200011&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 09/07/2020.

VIZZOLTO, Salete Maria. A droga, A escola e a Prevenção. 5. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1987.

Downloads

Publicado

2021-08-26

Edição

Seção

Artigos