O PROBLEMA DO MAL E DO SOFRIMENTO

Autores

  • Bruno Miara Faculdade Fidelis
  • Arthur Wesley Dück
  • Hartmut A

DOI:

https://doi.org/10.53546/2674-5593.cog.2021.55

Palavras-chave:

Mal, Sofrimento, Ateísmo, Bíblia, Deus, Justiça

Resumo

O presente trabalho trata do problema do mal e do sofrimento e suas objeções à existência de Deus. A proposta inicial é verificar se realmente a existência do mal anula a existência de Deus. A partir da metodologia de pesquisa bibliográfica foi desenvolvida uma abordagem histórica, filosófica e teológica sobre o tema. Ao longo do trabalho ficou constatado que a existência do mal não consegue provar de maneira cabal que Deus não existe. O argumento filosófico do mal contra Deus se mostrou não ser a principal fonte que leva a negação de Deus também ficou evidenciado que o deus retratado pelo presente argumento não é o mesmo Deus relatado na Bíblia. Neste sentido o trabalho foi direcionado para uma abordagem bíblica sobre o problema do mal e do sofrimento com o intuito de verificar como a Bíblia lida com a questão. No decorrer do processo o problema do mal se mostrou muito mais sério do que uma objeção intelectual o qual pede por uma solução que vá além de uma mera resposta intelectual satisfatória ao argumento filosófico do mal. É na busca de uma solução mais abrangente que vá além de teorias e argumentos meramente intelectuais que o trabalho foi desenvolvido.   

Referências

ALSTON, William P. The inductive argument from evil and the human cognitive condition. Philosophical Perspectives 5, 1991.

ANDERSEN, Francis I. Jó: introdução e comentário. Tradução de Gordon Chown. São Paulo: Vida Nova, 1984.

BARTHOLOMEW, Craig G.; GOHEEN, Michael W. O Drama das Escrituras: encontrando nosso lugar na história bíblica. São Paulo: Vida Nova, 2017.

BERKHOF, Louis. Teologia Sistemática. Cultura Cristã, 2007.

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2000.

CONTE, JAIMIR. Prefácio. Em: HUME, David. História Natural da Religião. São Paulo: Unesp, 2005.

ERICKSON, Millard J. Introdução à Teologia Sistemática. São Paulo: Vida Nova, 2002.

FERRY, Luc. Aprender a Viver: filosofia para os novos tempos. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012.

GRUDEM, Wayne A. Teologia Sistemática: atual e exaustiva. São Paulo: Vida Nova, 2012.

HICK, John. The Problem of Evil. In Encyclopedia of Religious Knowledge. Ed. Mircea Eliade. Nova York: Macmilan, 1967.

HUME, David. Dialogues concerning natural religion. Ed Richard Popkin. Cidade: Hackter Pub,1980.

MACKIE, J. L. Evil and omnipotence. Mind 64, n. 254 (April 1955), citado em Alvin Plantinga, Warranted Christian belief (Oxford University Press, 2000).

KELLER, Timothy. Caminhando com Deus em meio à Dor e ao Sofrimento. e-Book. São Paulo: Vida Nova, 2016.

KELLER, Timothy. Justiça Generosa: a graça de Deus e a justiça social. São Paulo: Vida Nova, 2013.

LEWIS, Clive Staples. Christian reflections. Grand Rapids: Eerdmans, 1967.

LEWIS, Clive Staples. Deus no Banco dos Réus. São Paulo: Thomas Nelson, 2018.

LEWIS, Clive Staples. O Problema do Sofrimento. São Paulo: Vida, 2006.

MCGRATH, Alister E. Teologia Sistemática, Histórica e Filosófica: uma introdução à teologia cristã. São Paulo: Shedd, 2010.

NICHOLI .JR, Armand M. Deus em questão: C. S. Lewis e Freud Debatem Deus, Amor, Sexo e o Sentido da Vida. Viçosa: Ultimato, 2005.

PESSANHA, José Américo Motta (org.). Os Pensadores: Epicuro, Lucrécio, Cícero, Sêneca e Marco Aurélio. Abril, 1985.

PLANTINGA, Alvin. Warranted Christian belief. Oxford, Oxford University Press, 2000.

SAYÃO, Luiz. O Problema do Mal no Antigo Testamento: o caso de Habacuque. São Paulo: Hagnos, 2012.

WENHAM, John W. O Enigma do Mal: podemos crer na bondade de Deus? São Paulo: Vida Nova, 1985.

WRIGHT, Nicholas Thomas. Deus e a Pandemia: uma resposta cristã sobre o coronavírus e suas consequências. e-Book. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2020.

WRIGHT, Nicholas Thomas. O mal e a Justiça de Deus: mundo injusto, Deus justo? Viçosa: Ultimato, 2009.

Downloads

Publicado

2021-08-26

Edição

Seção

Artigos